quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Abrutes se afastem!

Eu entendo muito bem o que significa uma pessoa com orientação sexual homossexual ter receio de tudo do que é feminino ou que se aplica ao estereotipo gay. Eu passei por isso e estou ainda me desconstruindo. É muito ruim para pessoa que tem repulsa de si mesmo e sua feminilidade pela repressão social cristã e patriarcal. Essa repulsa ultrapassa ao seu próprio corpo e mente e chega, portanto, até as outras pessoas. A pessoa se isola do mundo que poderia aceita-lo e ajuda-lo para andar com pessoas que lhe façam de gato e sapato, pessoas que lhe fazem de palhaço, riem de você, fazem comentários ridículos e homofóbicos, se dizem pessoas cultas e bem informadas, mas não passam de vampiros sugadores de nosso glamour , de nossa individualidade. Por esse motivos quando chegamos em um grupo que nos aceitariam, reproduzimos o que fomos condicionados, adestrados a pensar e por isso peço mil desculpas a meus verdadeiros amigos e algumas pessoas que me relacionei. O trabalho de auto-aceitação é muito difícil para alguns e eu sei que todos os verdadeiros amigos entendem isso, porém os falsos amigos, os vampiros eu só tenho uma coisa a dizer: Saiam da frente que eu quero passar com meu glamour, minha beleza, minha bichíssi !!! Sou muito bixa mesmo e não posso mais ser calado e silenciado por pessoas que falam tanto de ser pessoas cultas e desconstruídas, mas não são nada disso. Abrutes afastem de mim que essa carne está viva e muito bem viva. Não mais os deixarei me colocar para baixo. É ISSO QUE TENHO A DIZER. NÃO SEREI MAS SILENCIADA !!!!

0 comentários:

Postar um comentário