quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

dizem por ai

me dizem o que é certo o que é errado;
me dizem o que fazer na hora que fazer;
me dizem muitas coisas vazias e sem sentido;
rotulam meu dizer e meu ser, um produto enlatado.
falam por ai coisas por dizerem da minha vida;
acham muito sobre meu ser que nem eu sei quem é.
será que sabem ou acham?

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

sei lá

Nada é para sempre, mas teu cheiro no meu travesseiro ainda não passou.
posso sentir o gosto de tua boca carnuda em minha boca,
a textura de sua pele encostando na minha,
deixando todo ardor de nossa paixão.
Foi embora e fica ainda seu cheiro para trás,
fica suas manias em minha mente me atormentando,
ficou tudo e mais um pouco de você em mim.
Mas isso é passado e nele não mais vivo,
estou em outra, mas ficou seu carinho.
Você é uma lembrança que fica no meu peito,
minha cicatriz aberta e perfurada pelo seus beijos
que outrora me possui e me deixou em paz.

medo do paraíso

por que as pessoas tem tanto medo do escuro ?
é no escuro que se acha a solidão,
onde pode começar a conhecer a sim mesmo.
É um mal necessário, sem a escuridão não encontraríamos a luz que brilha nas nossas almas.
AH Solidão! é nele que me conforto e percebo quem realmente sou.
 É na ausência de luz que acho minha verdadeira luz escondida por sombras.
Ela é a chama de Prometeu trazida do Olímpio, a maçã do paraíso,
como-as para ter o conhecimento do bem e mal, o conhecimento de mim mesmo
para um dia morrer feliz ou quase isso.