segunda-feira, 9 de agosto de 2010

A flesh of vision come and go
a per of true let you apart and flow
don't let me get into something i don't know
just fly and let me go.

Stain my mind with tattoo
lead my feelings where i never been  
please my soul and bright my skin
eyes of love just let wound
so let it go.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Consuma-me, devora-me, arraste-se
sobre minhas veias e engula todo
meu suor.
Da raiva se mistura todo o gozo final
da ira tudo se esvai por compelto,
desembocando no esgoto.
Levita meu corpo sobre o seu
mostre-me sua potência emaculada
Ira.Raiva.Abstinência.
Para.Entra.Sai.Pucha.
Leve.Consome.Derruba.
Para o lixo que consume.

domingo, 1 de agosto de 2010

Cansei das estremidades elas me sufocam
é como dar murro em ponta de faca
e de feridas o mundo está cheio
cheio de feridas não curadas
mas antes já estão fazendo outras.

Não sei sobre ser intermediario
de boas intenções o inferno está cheio
de más nem se fala.

Cansei de proucurar sem achar
de achar sem proucurar
de esconder e não saber
que nada virou medio e tudo virou cinzas.