sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Está bom como está 
não digo o mesmo
apesar de ter dito
não está bom como está

Seu toque
remeche dentro de mim
mesmo que seja algo
inocênte mas sua inocência
me cativa
me destrai

o último suspiro de liberté
desapareceu por um toque
apenas um toque
e nada mais.

0 comentários:

Postar um comentário